quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Vencedores da promoção eu Vou Cantar na Rua


 É com alegria que divulgamos aqui os vencedores da Promoção Eu Vou Cantar na Rua. A disputa não foi fácil e ja quero agradecer a todos que participaram. Esta promo foi criada em comemoração ao lançamento do meu site oficial [ http://www.fabioserafim.com.br/ ] por isto este é um mês de muitas alegrias e temos que compartilhar isto. As 3 vencedoras são: Ana Rodrigues, Isabel Padilha e Milene Machado. As fotos estão dispostas abaixo. Logo vocês receberam seus prêmios e vamos seguindo, proclamando nas ruas que este é o ano aceitável do Senhor. EU VOU CANTAR NA RUA, NEGOWWWW

                                                 
                                                   

Share

domingo, 3 de outubro de 2010

FÁBIO SERAFIM
Share

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

PROMOÇÃO DO NOVO SITE

Salve galera.

Começa hj a promoção EU VOU CANTAR NA RUA. Neste mês de setembro - 22/09 - entra no ar o meu site oficial (segue foto em primeira mão) e pra celebrar este momento lançamos a promoção. Serão 3 kits a ser enviados a qualquer parte do Brasil contendo: 
                    * O cd Eu vou cantar na rua
                    * Camisa personalizada
                    * Livro 500 Frases e pensamentos para o cristão
                    * Adesivo, fotos e outros

Envie uma foto, que poder ser tirada de qualquer tipo de máquina, celular, etc. que represente a expressão EU VOU CANTAR NA RUA até o dia 30/09. As 3 melhores fotos entrarão no site e receberão os kits ainda este mês. As fotos dever ser enviadas para o email agendafabioserafim@hotmail.com    Use a criatividade e receba o kit em sua casa. Vamo cantar na rua, negowww
Share

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Salve gente, Deus abençoe.

Hoje as 20h00 vou prestar uma entrevista exclusiva a Rádio Sara Brasil 95,5 fm, rádio da igreja Sara Nossa Terra em Porto Alegre. Vamos passar algum falando sobre o ministério: como tudo começou e sobre o lançamento do cd EU VOU CANTAR NA RUA. Você não pode perder. Fábio Serafim em entrevista excluisva ao programa Interferência Gospel. Clique aqui para ouvir a rádio pela web.

Deus abençoe
Share

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Uma geração que se corrompe

Olá amigos,

Como prometido estamos retornando com as postagens. Peço perdão a todos por esta demora mas o mês de junho e o início de julho foi pegado demais com a agenda de eventos. Graças a Deus tudo tem ocorrido muito bem e agora temos este tempinho pra escrever por aqui.



Meu post trata dos três casos que abalaram o Rio de Janeiro e o Brasil neste mês. Refiro-me aos casos Bruno, Mércia e a morte de Rafael Mascarenhas, filho da atriz Cissa Guimarães. Três mortes de forma precoce e que apontam para falhas sociais mas sobretudo espirituais. Jovens perdendo sua vida por relacionamentos mal escolhidos ou por imprudências é o que mais vemos neste século, isto aponta para um abandono da palavra de Deus. “Jovens, eu vos escrevi porque sois forte, a palavra de Deus habita em vós e já venceste o maligno” 1jo 2:14. Esta palavra precisa alcançar o mundo e fixar na mente dos jovens do nosso país. Este amor que pregamos e cantamos precisa urgentemente ser espalhado para que os jovens saibam o que eles podem ser.



É claro que são casos que precisam ser investigados, a polícia já esta fazendo isto. Precisam ser noticiados e a imprensa (manipulando como sempre) já o faz. Minha abordagem é de nível espiritual com o objetivo de dizer a esta geração corrupta, perversa e longe de Deus: Ei, vocês que estão morrendo, conheçam este Deus que pode mudar a história. Este é o nosso comissionamento. Temos duas posições a tomar: Pregar a tempo e a fora de tempo como diz a palavra ou simplesmente deixarmos que o diabo continue levando vidas que não conhecem a Jesus. Qual a sua escolha? Eu já fiz a minha há algum tempo: Eu vou cantar na rua e falar do seu amor. “Portanto nós que estamos rodeados de uma nuvem de testemunhas deixemos de lado todo embaraço, o pecado que tão de perto nos rodeia e corramos com paciência a carreira que nos esta proposta” Hb 12.1
Share

sexta-feira, 9 de julho de 2010

"Missionário da palavra do Senhor"

Começo este post me desculpando pela demora das atualizações. O mês de Junho foi intenso devido à quantidade de eventos e compromissos que me impossibilitaram de incluir mais textos. A verdade é que o saldo deste primeiro semestre foi muito positivo, graças a Deus.

Nos dias 04, 05,06 e 07/06 estive em turnê pelo Rio Grande do Sul. Ministrei nas cidades de Cachoeirinha, Porto Alegre e outras vizinhas e tivemos momentos maravilhosos na presença do Rei. Fui muito bem recebido pela família Benittes, uma família de pastores da Igreja do Evangelho Quadrangular e posso resumir tudo como sendo uma experiência monumental e confirmadora.

O dia 11/06 entra para história da minha vida. Neste dia ocorreu o lançamento do meu cd/mixtape com o título Eu vou cantar na rua. Foi uma linda noite, cheia da presença de Deus e com amigos queridos. No dia anterior estava internado com febre, dores fortíssimas no corpo e a garganta muito inflamada mas o Senhor não permitiu que isto anulasse a apresentação. Dia 12 foi à vez da Festa Genuína, uma festa com comidas típicas que acontece em Irajá com a organização do Projeto Vida Nova de Irajá. Estivemos lá ministrando as canções e divulgando o cd. Abençoou-me demais.


Share

quarta-feira, 9 de junho de 2010

PROJETO BLACK EM IRAJÁ - LANÇAMENTO DO CD/MIXTAPE EU VOU CANTAR NA RUA - FÁBIO SERAFIM

Dia 11 de junho vai acontecer em Irajá, RJ o lançamento do primeiro cd/mixtape de Fábio Serafim. EU VOU CANTAR NA RUA é o nome do cd que já tem sido aclamado pela mídia especializada em black gospel, seu estilo particular. Com letras evangelísticas muito bem elaboradas e um timbre inconfundível Fábio é considerado a revelação da black carioca e começa a ter destaque em âmbito nacional. “Meu objetivo é levar a mensagem de Cristo de uma forma própria e sem preconceitos. Mais que música, o lance é a mensagem mas com black fica sempre melhor” afirma, ele que esteve em turnê neste último fim de semana em nas cidades de Porto Alegre, Gravataí e Cachoeirinha, RS.


O evento terá início às 19h00 no Centro Evangelístico Vida Nova. As participações de L-ton [R.E.P.], Fydell, Totee e Haiala dj nos comandos da pista ajudam a abrilhantar esta noite que promete ser marcante.

Para mais informações acessem o myspace dele ou 21 88294954 - Alessandra


Share

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Lançamento - EU VOU CANTAR NA RUA

Salve gente. Tentando postar alguma coisa. Já peço desculpas mas todos sabem que estou prestes a lançar o meu primeiro cd/mixtape: EU VOU CANTAR NA RUA. O tempo tem se encurtado a cada dia mas prometo postagens periódicas após o lançamento

Abaixo temos um vídeo de divulgação do evento. Este áudio será divulgado em rádios aqui no Rio de Janeiro mas para os meus leitores fizemos um vídeo especial. Confiram e não percam este evento. VAMO CANTAR NA RUA, NEGOWW

video
Share

terça-feira, 4 de maio de 2010

Lançamento oficial - EU VOU CANTAR NA RUA

Share

sábado, 1 de maio de 2010

Festa Black em Cachoeirinha, RS com Fábio Serafim

Share

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Mais uma indicação a melhor Blog. Prêmio Top Blog

Olá a todos. A cada dia tem sido mais difícil postar pror aqui pois se aproxima o lançamento do cd. A partir de Junho os posts voltam com certeza.

Com muita alegria informo que nosso blog,pelo segundo ano consecutivo foi indicado ao prêmio Top Blog, melhor blog. Conto com o voto de vocês. Pra mim ja é uma honra mas podemos ir além e depende de vocês.

Forte abraço, Deus abençoe a todos

Share

sábado, 10 de abril de 2010

EU VOU CANTAR NA RUA. Lançamento Oficial

Share

sexta-feira, 19 de março de 2010

Semana da Cultura Negra - CULTNE



Acontecerá, nesta próxima semana, um dos maiores eventos culturais já realizado no Rio de Janeiro. O CULTNE- ACERVO DIGITAL DA CULTURA NEGRA será uma série de palestras e exibições de filmes e documentários sobre diversos aspectos da cultura afro. O grande objetivo do evento é traçar a verdadeira história do povo negro, seus efeitos e desdobramentos no Brasil e em todo o mundo. Personalidades na área como Antônio Pitanga e Zulu Araújo serão alguns dos palestrantes do evento que. O destaque vai para a sessão A presença da mulher negra no cinema, com exibição de vários vídeos e palestras focando a mulher negra na mídia.

Acesse o site do evento e confira o cronograma com local, data e horário de cada programação e acompanhe nos próximos dias nossa cobertura deste que se mostra como um marco no movimento negro nacional.
Share

sábado, 27 de fevereiro de 2010

O Rio de Janeiro continua lindo? Será?

É incrível como o Rio de Janeiro tem o poder de ser, nos últimos anos, um dos mais importantes geradores de informação quanto à segurança pública neste país. Se alguém precisar ler ou estudar sobre segurança e seus desdobramentos eis a fonte perfeita. Outro dia, conversando com uma amiga do Rio Grande do Sul fui questionado: Ai é tão perigoso como falam? Dá pra sair na rua? Por mais que ouçamos as mais bizarras histórias reais sobre assassinatos, roubos e outras mais a sensação que se tem é que ainda pode piorar, tese que vem se comprovando a cada dia na cidade “maravilhosa”. Este momento de alta periculosidade nas ruas desta cidade tem sido noticiada também em várias outras partes do mundo. Nosso país, que já vinha sendo observado pelo mundo como ícone de crescimento econômico hoje também é reconhecido como um lugar de guerra e isto temos acompanhado em jornais norte americanos e europeus. A olimpíada de 2016 será muito mais cara que se imagina.

Coroando as péssimas expectativas tivemos nos jornais esta semana uma reportagem sobre traficantes que atuam na localidade da av. Democráticos com Elder Câmara, próximo ao Jacaré. Vídeos e fotos feitos pela equipe do Jornal Extra mostram uma sociedade subjugada a ditadores urbanos deste tempo que fecham a rua quando bem entendem e o fazem poderosamente armados. Qualquer pessoa que passar a noite no local pode ter sobre si a mira de uma arma a laser ou fuzis de última geração que sabe Deus como chegou a este destino.

Ao que parece uma baderna maior foi instaurada na secretaria de segurança do estado. O secretário Beltrame, que sempre se colocou de uma forma ofensiva quanto à criminalidade com suas UPPs se diz triste com os acontecimentos e que não acredita no aumento do policiamento na área como solução mas sim no desarmamento total da população. No mínimo curioso o fato de um secretário que sempre teve como foco a imposição da polícia em lugares criminalizados, haja o que houver, agora diz que mais policiamento não resolve. Lembrem-se que este é um ano de eleição e o último oficial de Beltrame a frente da secretaria. Já se tem como rotina os secretários de segurança concorrendo a uma “boquinha” e alguém que é a favor da violência ao extremo definitivamente não agrada. De outro lado o vice prefeito Pezão declarou que os dias destes bandidos estão contados pois a Cidade da Polícia, um mega batalhão que vai se localizar naquela região, esta prestes a ser inaugurada. Dois líderes tão próximos com pensamentos um tanto distintos.

Em meio a tanta desolação que temos hoje a sociedade faz uma pergunta que infelizmente ninguém responde: Até quando? Até quando um pai terá que sair de casa para o trabalho com receio de não voltar? Até quando crianças pobres e a margem da sociedade terão em bandidos um reflexo de suas preferências? Lideres políticos comprometidos com a vergonha e a canalhice? Não sei quando teremos esta resposta.
Share

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O Rap em plena evolução - L-ton

O rap brasileiro segue sua caminhada com força total. Conhecido historicamente por ser um porta voz das causas sociais o estilo se fortificou ao longo do tempo, com cantores mais politizados e interessados em letras mais impactantes. Um grande exemplo é Éliton Nascimento, conhecido como L-ton.

Rapper, produtor, instrumentista e empresário são características do rapaz que, desde muito novo começou a demonstrar sua veia musical por influência de sua mãe: “Ela foi solista de vários corais e também se apresentava cantando spiritual em todo o país. A minha primeira e maior referência, com certeza”, comenta.

L-ton e seus irmãos criaram, nos anos 90, um dos grupos precursores do rap no Rio de Janeiro e o primeiro grupo de rap gospel desta cidade, R.E.P.(Radicalizando, Evangelizando e Politizando), tendo hoje na formação apenas Lton e Dj W., seu grande amigo e sócio. Ele foi criado com a intenção de levar entretenimento e encorajamento a jovens internos das extintas FEBEM e FUNABEM. Com o tempo o bom trabalho desenvolvido tomou repercussão nacional, o que abriu portas para o músico, que teve a oportunidade de dividir o palco com grandes artistas como Marcelo D2, MV Bill, Racionais Mc’s, Pregador Luo entre outros.

Hoje L-ton, que já possui em sua discografia o cd PROCEDER (produzido pela G-Hertz/Gospel Beat, seu próprio selo) acaba de lançar seu novo trabalho, Solo Mixtape, com várias participações. O álbum é o marco de um momento solo do artista: “Eu e o Dj W. estamos segurando um pouco um novo álbum. Continuamos com a parceria de sucesso mas vamos investir, durante algum tempo em projetos paralelos”. A canção “Marchem” do novo cd já tem sido executada em várias rádios no Brasil, o que consolida a vocação do artista.

Viva o rap gospel nacional e as lindas histórias que só ele poderia proporcionar. Salve a quebra de tabus e o evangelismo sem limites: “ Não só em Jerusalém”.

Contatos: Myspace - Twitter
E-mail:gospelbeat@gospelbeat.com.br
Tels: (21) 3495-2328 / 8101-4500 (Alex Nascimento)
Share

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

A arte que o Brasil faz. Entrevista com um artista.



Você já ouviu a expressão “O bom jeitinho brasileiro”? Com certeza ela pode ser aplicada na vida de Carlos Alberto Alves Filho ou Carlinhos.

Com uma infância difícil no bairro de Colégio-RJ Carlinhos sempre atravessou suas dificuldades com a ajuda de Deus, seus pais Vera Neiva e Carlos Alberto. Desde muito novo ele desenvolveu a arte do desenho. “As crianças brincavam de futebol, bola de gude mas era só me dar um papel e lápis e eu ficava feliz” conta. Seu pai se preocupou com o futuro do filho, comprometido pela falta de condições financeiras e resolveu ensinar a ele sua profissão: cabeleireiro."Meu pai dizia que um bom cabeleireiro não conheceria o significado da palavra desemprego".

O garoto, sempre esforçado e obediente aos conselhos de sua mãe (ela que o incentivou a aprender a profissão) aprendeu rápido o ofício e a cada dia se aperfeiçoava, mas o “boom” veio quando decidiu associar sua maior paixão, o desenho, a seus cortes e começou a fazer arte em cortes de cabelo e o sucesso foi inevitável. Os clientes gostavam tanto que traziam os desenhos mais incríveis e bem bolados e estes eram transcritos para o corte. A fama de seu trabalho alcançou várias áreas sociais. Artistas como Dudu Nobre chegaram a reservar horários com Carlinhos em suas próprias residências, devido ao tão grande profissionalismo do rapaz.





Mesmo com seu trabalho em plena expansão ele não se acomodou e procurou logo outros horizontes. Se aperfeiçoou em cortes e tratamentos diversos para cabelos femininos, freqüentou cursos e até mesmo em um período com dupla jornada de trabalho em seu salão e também no renomado Walter’s Coiffeur(a segunda maior rede de salões do Rio de Janeiro). “Eu precisava deste tipo de experiência.Ouvia as pessoas elogiarem o meu trabalho,mas sabia que não podia acomodar-me pois entendia que Deus tinha algo maior para mim e eu tinha que fazer a minha parte.

Hoje seu salão produz uma média de 50 serviços por dia, sendo estes para clientes de diversas classes sociais mas que não abrem mão de um tratamento com perfeiçã e dedicação. Diz ele:"Meus clientes não procuram preço baixo ou serviços rápidos.Eles querem ser atendidos por alguém que ame o que faça,pois sabem que quem ama o que faz,sempre fará com carinho e dedicação"

FS: Em que momento vc percebeu que poderia transportar a arte do desenho para o corte?

R: Quando criança percebi que tinha habilidade com desenhos e logo toda a família percebeu este dom. Era muito comum primos e primas me pedirem ajuda com desenhos para trabalhos escolares. Anderson,um deles me desafiou um dia: “já conheço sua arte com o lápis e sei que se tentar um corte não vai me dcepcionar. Eu sou seu modelo”. O resultado foi fantástico e naquele dia fui surpreendido por várias pessoas que ao verem o desenho dele quiseram também, Valeu Anderson.


FS: Como foi o desafio de abrir seu próprio salão?

R: Comecei a trabalhar com apenas 9 anos mas sempre pensei em ter meu próprio negócio, algo em que eu pudesse ter todo o controle. Tornando-me cabelereiro o primeiro passo foi pegar uma das cadeiras da cozinha de minha mãe e comprar um espelho, que foi pago semanalmente por R$ 5,00. Ali começava meu primeiro salão.


FS: Tempos atrás vc dividiu seu tempo com seu salão e o trabalho no Walter’s. Como foi o seu trabalho lá e quais experiências isto lhe proporcionou?

R: Aceitei o trabalho devido a necessidade de um aperfeiçoamento, principalmente em cabelos femininos. Lá tive a oportunidade de freqüentar vários cursos, o que me fez crescer muito em um conhecimento técnico. Os amigos e profissionais que conheci lá também me ajudaram muito com dicas valiosas mas sei que foi uma ferramenta que Deus usou para minha consolidação na profissão.

FS: Qual o tipo de clientes você recebe hoje?

R: Não existe um perfil seguramente distinguível. Hoje atendo em meu salão empresários bem sucedidos a estudantes e crianças. Pessoas de classes sociais bem diferentes mas sempre com a mesma intenção: A satisfação no final de cada trabalho e tenho conseguido até aqui.

FS: Como alguém que possui uma fé bem definida você acredita que a religião o ajudou em algum momento?

R: Certamente que sim. Tudo o que sou e tenho,inclusive esta coisa de conseguir agradar os cliente com meu trabalho vem de Deus,não tenho duvidas. Em alguns momentos penso em desistir. Não é fácil administrar tudo mas nestes momentos eu lembro do que tinha e tenho, então levanto minhas mãos e digo: Obrigado, meu Deus por tudo o que sou.


FS: Seu salão é tido como multimídia pelos freqüentadores: telões com clipes e tv, uma mini lan house e telefone gratuito. Como vc analisa a questão da confortabilidade de seus clientes?

R: Eu gostaria de oferecer mais a cada um deles. Entendo que tudo o que posso fazer para o conforto e bem estar dos clientes não pode ser encarado como gastos mas sim em investimentos, que no tempo certo trarão um retorno. O fato de pessoas atravessarem bairros para ter um tratamento bacana, em um local com ar condicionado, vídeos de várias categorias e música ambiente denota que estamos no caminho certo.





Contatos: 21 32872444 cnstudiohair@gmail.com

Para conhecer o trabalho do salão você pode também acessar a página do Flickr e conhecer vários outros tipos de cortes e afins:
Share

sábado, 2 de janeiro de 2010

BLACK GOSPEL NO PROGRAMA BLACK BEAT.



O Black Beat nasceu em 2004 do desejo da jornalista Amanda Faia difundir a black music no Brasil. Na época, poucas rádios davam acesso ao R&B, ao Hop Hop, ao Soul, Blues e ao Jazz. Como amante da black music desde a adolescente, Amanda sentia falta de um programa do gênero atualizado no Brasil. “Como ouvinte eu sentia falta. Nem fora de Natal eu achava um programa que eu achasse completo. A maioria das músicas estava na lista da Billboard e o locutor nem sabia do que ele estava falando e nem tocando. O ouvinte gosta de saber que quem está do outro lado do rádio não é um mero apertador de botão, que lê o nome do artista e da música. Falar com propriedade dá credibilidade ao programa”.O programa ia ao ar todos os sábados pela FM Tropical (Natal/RN) e ficou pouco menos de 1 ano no ar quando a locutora passou uma temporada no Rio de Janeiro.

Em 2007, Amanda Faia voltou a FM Tropical no comando do Atitude 103, programa que mistura pop, black e pop/rock. A aceitação do público foi tão positiva que o projeto do Black Beat foi resgatado. Mas faltava um DJ com a mesma intenção e conhecimento do gênero. Em 2008, em passagem por Natal, Amanda conheceu o DJ Double C e as idéias se fundiram. No final de 2009, DJ LeuzZ assumiu os sets do programa.


O primeiro Black Beat foi ao ar em agosto de 2008 e está na internet desde então. Sem muita propaganda, o Black Beat atingiu mais de 40 mil acessos mensais. Com o novo site, a expectativa é que a coisa tome proporções ainda maiores. A estrutura é simples: semanalmente o ouvindo do BB vai ter acesso a 2 estréias, 2 notas musicais e uma dezena de músicas selecionadas pela jornalista Amanda Faia. O programa tem duas horas de duração.

O grande barato é que além da música secular o programa abriu as portas para a musica black gospel. Artistas como Pregador Luo, Fábio Serafim e Fydel foram os primeiros a ter suas canções exibidas no programa que já demonstrou interesse pela música de qualidade que é feita no black gospel de hoje. As barreiras estão realmente caindo para que a palavra de Deus seja levada aos quatro cantos do país com sofisticação e qualidade que não deixam nada a desejar. É o time gospel Cantando na Rua.


Acesse o site do BB
Share